Beleza, Dica, Qualidade de vida

MINHA MICROPIGMENTAÇÃO FIO A FIO

22 de maio de 2017
sob depois 3

Quero começar a semana falando sobre um assunto que MUITA gente anda me perguntando, minha micropigmentação fio a fio.

Sempre fui o ser mais medroso do mundo para fazer as sobrancelhas, mas chega uma hora que a gente vê necessidade real né?! As minhas sobrancelhas estavam bem falhadas e eu já estava tentando deixar crescer há um tempo, até que decidi resolver de uma vez. A escolha por algo assim não foi tão simples para mim. Eu pesquisei bastante, porque nunca quis nada muito artificial sabe?! Até que cheguei na franquia da Lu Makeup aqui em Londrina.

Claro que eu já tinha ouvido falar maravilhas sobre a Alita e sua equipe, e comigo não foi diferente. Ela me explicou TUDO, me deixou mega tranquila, e no final, me deixou tão feliz que não sei dizer hahahaha!

Vamos falar do procedimento! A Micropigmentação que eu fiz é feita com um aparelho chamado Microblading, ele parece uma caneta, não é uma maquina ligada a tomada sabe?!

Quando cheguei la elas desenharam e fizeram o designer das minhas sobrancelhas, em seguida aplicaram o anestésico, depois disso foi a hora de fazer o desenho de como ficaria. Nessa hora a gente já começa a ficar feliz sabe?! Minutos depois as sobrancelhas estão prontas em sua primeira fase! É muito rápido e eu quase não senti dor, só um incomodo.

Depois que fazemos os cuidados são bem simples, no primeiro dia evitar lavar a região, depois não esfregar ou friccionar em cima, e usar Bepantol líquido três vezes ao dia. É muuuito tranquilo, e essa parte dos cuidados faz muita diferença no resultado final. Todo mundo que faz retorna após 30 dias para retocar, quando se tem muitas falhas como eu principalmente. Depois disso os cuidados são os mesmos!

A micro tem a durabilidade média de 6 a 8 meses, depois é preciso fazer o retoque, porque o fio sai por completo. Ou seja, não fica aquele pigmento velho no rosto. Eu mesma já marquei meu retoque para daqui 6 meses.

Agora vamos as fotos:

ANTES:sob antes

LOGO DEPOIS:sob depois 1

SELFIE UMA SEMANA DEPOIS:SOB SELFIE 1

30 DIAS DEPOIS COM SEGUNDO RETOQUE: sob depois 2

SELFIE UMA SEMANA DEPOIS:SOB SELFIE 2Eu fiquei mega feliz com o resultado, ficou muito natural, do jeito que eu queria. Sem contar a sensação de acordar de manhã com as sobrancelhas feitas né?! A diferença por exemplo ao se maquiar é gritante, as sobrancelhas tem função muito importante no nosso rosto, elas dão expressão, e é por isso que é preciso cuidado ao fazer um procedimento assim. Sempre falo para as minhas clientes, uma medida errada e a gente pode ficar com expressão de brava ou triste, imagina só o transtorno.

Vou deixar os contatos da Alita e sua equipe aqui em embaixo, e já adianto que eu indico de olhos fechados elas são atenciosas e extremamente profissionais.

Alita Lu Makeup Londrina:  Telefone (43)33544165 / Whatts (43)991903633 / Insta / Facebook

Beijo, Thá

 

Beleza, Dica

SABONETE DEMAQUILANTE MAKING EASY

19 de maio de 2017
20170519_173451118_iOS

Tirar a maquiagem é sempre uma tortura né?! A Making Easy desenvolveu um sabonete demaquilante que facilita muito a vida. E hoje eu quero mostrar o tanto que to apaixonada por ele.

Ele é um removedor que limpa com suavidade e deixa a pele deliciosa. Na embalagem fala que ele não remove maquiagem a prova d’água, mas olha que eu já removi eim?!

Porem o ideal mesmo é nesses casos usar um demaquilante antes, assim depois do sabonete a pele sai suuuuuper limpa do banho. 20170519_173346003_iOS 20170519_173421735_iOSO sabonete custa R$19,90! Isso é o mais chocante para mim, é muito bom o preço gente. Vocês encontram em qualquer farmacia Vale Verde ou pelo site da Flora Cosmética.

Depois quero saber o que acharam!

Beijo, Thá

Dica, Qualidade de vida

LIVRO “OLHAI OS LÍRIOS DO CAMPO” – RESENHA

15 de maio de 2017
foto do livro

“Olhai os lírios do campo, como eles crescem;

não trabalham nem fiam;

E eu vos digo que nem mesmo Salomão,

em toda a sua glória,

se vestiu como qualquer deles.”

Primeiro de Maio se comemora o dia da Literatura Brasileira, e para entrar no clima, o meu grupo de leitores “Caixa de Pássaros” leu um livro nacional. E não qualquer um. E sim um digno de honrar essa importante data.

“Olhai os lírios do campo”, do autor Érico Veríssimo, publicado entre 1936 e 1938, foi a nossa escolha, e devo admitir já desde o início do quão especial é essa resenha. Não é somente que recomendo esse livro, porém, deveria ser leitura obrigatória de tão importante que a considerei. O livro trata de assuntos humanos levando a reflexões, sendo alguns deles o caráter, a humildade, o sentido da vida, princípios básicos e essenciais que, no entanto, podem ser esquecidos ou não levados a sério.

Eugênio é de família humilde, pai alfaiate e mãe dona de casa que lava roupa fora para ajudar no orçamento de casa. Ele sonha em ser médico e pertencer a alta sociedade. Com grandes ambições e a custo de muito trabalho e dedicação dos seus pais, ele consegue se formar em medicina. Este jovem estudante, embora tenha consciência dos esforços de seus pais, sente vergonha e humilhado pela vida que tem. Não apenas pretende se formar, contudo, ser rico e pertencer a um meio social tão diferente do seu. Por outro lado, temos seu irmão Ernesto, que com o tempo se deixou levar pelo vício da bebida, acarretando futuros problemas para a família.

E meio a esse quadro surge Olívia, colega de faculdade de Eugênio. Uma mulher simples, inteligente e dotada de sabedoria, com valores e objetivos tão diferentes do personagem. Ela possui uma paz e tranquilidade em meio aos tormentos dele, chegando-o a ensinar a ver a vida de uma forma peculiar.

Surge, então, um rápido romance entre eles, e não exatamente porque não estão determinados a ficarem juntos, entretanto, por conta de seus diferentes ideais. Eugênio escolhe seguir a vida com uma moça rica, chamada Eunice, tão diferente do seu padrão de vida, deixando para trás a vida difícil que levava e, provavelmente, um amor sincero.

Alguns anos se passam… O casamento nunca foi bem sucedido, bem pelo contrário, casou por interesse. Cego e domado pelo luxo, Eugênio que consegue conquistar até então os seus desejos de padrão de vida, se vê infeliz.

A história inicia com o pedido urgente de Olívia a uma enfermeira. Em uma maca de hospital, com as horas contadas para sua morte, ela pede que faça uma ligação a Eugênio, precisa vê-lo.

“Olhais os lírios do campo” é comovente e maravilhoso em meu ponto de vista. São os reflexos de nossas escolhas e o quanto elas podem ser boas ou más, certas ou erradas, ou ainda, o quanto de felicidade ou infelicidade pode nos trazer.

Depois de algumas tomadas de decisões pode ser tarde voltar atrás, mas quem sabe ainda exista esperança.

Beijos,rapha